goias-2

Escola Sathya Sai de Goiás

“E conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará”. João, 8:32

 

Tornando-se consciente sobre a Verdade

 

A busca da verdade é uma das metas mais importantes do homem. A verdade está em todos os lugares, a todo o tempo. O indivíduo deve viver na Verdade e não procurá-la. O homem é a encarnação da Verdade, Bondade e Beleza. Ele tem de realizar a verdade e demonstrá-la em pensamento, palavra e ação, sendo Ela a verdadeira base da existência. Conheça a verdade e esta o tornará forte, inalterável, consciente da irmandade universal, livre dos apegos da luxúria e da ira.

Algumas pessoas questionam: “Como ‘subir’ na vida, sendo leal à verdade?” Não se pode escapar da morte, independente do modo como se vive. É muito melhor morrer, vivendo em verdade, do que se resvalando-se na falsidade. A falsidade parece mais fácil e lucrativa, mas ata e conduz à ruína.

Ajam, atuem com toda a sua vontade e com toda a plenitude de sua mente. Façam total uso de suas capacidades e habilidades, coragem e confiança de que são dotados.

A principal obrigação do homem é investigar sobre a Verdade. Esta pode ser conquistada somente através da dedicação e devoção, as quais são dependentes da graça de Deus, que é derramada nos corações saturados de Amor.

A experiência da Verdade, por si só, sustenta o Amor, pois a Verdade é tão abarcante que não vê distinções. A Verdade é a corrente elétrica e o Amor é a lâmpada que deve iluminar. Através da Verdade, pode-se experimentar o Amor. Através do Amor, pode-se visualizar a Verdade.

A Verdade não significa meramente “afirmações sobre fatos” que são vistos e ouvidos; a Verdade, em seu sentido real, transcende as limitações do tempo, espaço e circunstâncias. É difícil praticar esta Verdade transcendental na vida cotidiana. O indivíduo não deve agir, baseado no impulso momentâneo, fruto de um pensamento. O certo e o errado devem ser examinados, e somente quando o coração decidir, a ação deve ocorrer. Este é o processo de cultivar VALORES. O que a mente (cabeça) pensa, deve ser examinado criticamente pelo coração e a decisão correta deve ser executada pelas mãos.

Qual é a característica especial que distingue o homem, se ele também vive e morre como qualquer outro animal? Como que sua supremacia pode ser justificada?

A supremacia reside na sua capacidade de tornar-se consciente sobre a Verdade. Todos os conhecimentos mundanos relacionados aos sentidos são transitórios. Assim, tais conhecimentos, não têm valores permanentes. A Verdade real emana do coração. O homem não é produto do mundo externo. Ele veio do Divino. Vocês são Divinos. Desenvolvam esta convicção!  Sathya Sai *

*Referências para Aplicação do Programa Sathya Sai de Educação em Valores Humanos nos Centros e Grupos Sathya Sai do Brasil, (Apostila), 1999.