Volume VI - Valor Não Violência

Manual de Práticas de Educação em Valores Humanos - Volume VI
Parte de Manual de Práticas de Educação - Volume VI - Valor Não Violência séries:
  • Manual de Práticas de Educação em Valores Humanos - Vol. VI
Edições:PDF (Português do Brasil) - 1ª Edição
ISBN: 978-85-99393-16-1
Tamanho: 21,00 x 29,70 cm
Páginas: 114

 

Manual de Práticas de Educação em Valores Humanos - Volume VI

Os Volumes 2 a 6 apresentam uma reflexão mais específica sobre cada um dos cinco valores absolutos, com doze aulas pelo método direto em cada um deles, trazendo vivências de alguns valores relativos.

Essas aulas levam a uma maior compreensão dos valores absolutos e podem ser aplicadas também para grupos de professores, como forma de vivenciar os valores, auxiliando-os ainda na prática da utilização do método.

Ao final de cada volume, foram acrescentados textos complementares sobre os temas de cada aula para aprofundamento e reflexões, os quais podem servir tanto para o aprimoramento dos educadores sobre o tema abordado na lição, bem como para suscitar reflexões com o grupo.

Esses volumes estão organizados da seguinte forma:

Volume 2 - Valor Verdade

Volume 3 - Valor Retidão

Volume 4 - Valor Paz

Volume 5 - Valor Amor

Volume 6 - Valor Não Violência

O Volume 7, “Canções, Harmonizações e Dinâmicas”, traz uma coleção de canções, harmonizações e dinâmicas em grupo que são sugeridas nas aulas dos Volumes 2 a 6 e que ajudarão a enriquecer o trabalho do educador, o qual poderá montar suas próprias aulas e atividades de educação em valores humanos.

Muitas das canções sugeridas no Volume 7 encontram-se nos dois CDs que acompanham o livro e que foram compostas especialmente para um trabalho de educação em valores humanos.

Acreditamos que a publicação desta coleção possa proporcionar aos educadores as bases necessárias para auxiliá-los no sagrado papel de educar.

Excerto:

Não Violência - Aspecto Espiritual

O nível espiritual é o nível mais profundo e engloba todos os outros. É o nível em que o homem se percebe em unidade com todas as coisas e seres do universo. É o nível do ser. O valor vivenciado é a Não Violência.

Não Violência significa evitar causar dor a qualquer ser em pensamento, palavra e ação. Com egoísmo e autointeresse, o homem não experimentará esta estimável virtude. Todo o mal nasce do senso de “Eu” e “Meu”. Estes traços só podem ser eliminados através do desenvolvimento da pureza de pensamento, palavra e ação." Sathya Sai

LEIA MAIS

A educação deve infundir os Valores Humanos fundamentais. Ela deve promover um comportamento ético. Deve incrementar o autocontrole. Essa é a função essencial da educação. Deve haver um retorno aos Valores Humanos. Verdade, Retidão, Paz, Amor e Não Violência devem constituir o alento vital dos estudantes. Todos esses cinco valores devem ser harmoniosamente cultivados, sendo que a excelência do homem será incompleta na ausência de até mesmo um desses valores humanos mencionados. A vida mais elevada, que faz do homem um ser humano e um candidato ideal para desvelar a Divindade, que é sua própria realidade, depende do cultivo das cinco virtudes cardeais – Verdade, Retidão, Amor, Paz e Não Violência. Essas virtudes elevam o indivíduo, assim como a sociedade da qual ele faz parte.

Portanto, o primeiro passo é que os homens se apercebam de sua humanidade, em seu sentido mais profundo, e tenham respeito pelos Valores Humanos, que são de sua própria natureza. Toda violência e discórdia no mundo atual são devidas ao eclipse dos Valores Humanos. Na busca de satisfazer seus desejos pessoais, os valores são sacrificados. De que valem aquisições, se o próprio sentido de humanidade está ausente?

Os Valores Humanos não são coisas a serem plantadas de fora. São inerentes a cada indivíduo. Eles têm de ser manifestados de dentro. A educação serve para promover sabedoria. A sabedoria só pode crescer onde a humildade prevalece. A menos que o conhecimento seja transformado em sabedoria e esta expresse o caráter, a educação será um processo destrutivo.

Verdade é aquela que tem de ser dita. Retidão é aquilo que tem de ser praticado. Paz é o que tem de ser experienciado. Amor é a qualidade natural. Educar alguém para desenvolver a qualidade do amor é o mais importante. Quando o Amor é associado a pensamento, torna-se Verdade. Quando o Amor motiva suas atividades, torna-se Retidão. Quando seus sentimentos estão saturados com Amor, seu coração é preenchido por uma suprema Paz. Quando você permite que o Amor guie seu entendimento e raciocínio, então sua inteligência fica saturada de Não Violência.

 

VOLTAR